Perfil profissional no currículo

Saiba como descrever seu perfil profissional no currículo

Você sente dificuldade em descrever o seu perfil profissional no curriculo? O que é preciso incluir? Estas são dúvidas frequentes de muitas pessoas no momento de elaborar ou atualizar o currículo.

Neste post você irá descobrir como preencher esta importante informação do seu cv. Confira as dicas!

A importância do Perfil Profissional

O principal objetivo do currículo é chamar a atenção do recrutador para que você seja chamado para uma entrevista.

O perfil profissional é a apresentação do candidato. É o resumo de suas habilidades, qualificações e experiências anteriores.

Quando falamos do perfil profissional, pensamos logo no resumo das qualificações. É neste espaço que o recrutador irá identificar alguns pontos importantes.

Alguns deles são:

  • Palavras-chave de conhecimentos técnicos necessários.
  • Principais resultados atingidos por você em determinada ação.
  • Experiências mais relevantes.

Você já entendeu que o perfil profissional é um componente importante do currículo, não é?

Como descrever o perfil profissional?

Você sabe quanto tempo em média um recrutador leva para avaliar um currículo? Menos de 1 minuto!

É essencial que o seu resumo profissional seja curto e objetivo. Além disso, é importante incluir palavras-chave que remetam ao seu objetivo e área de interesse.

Mas calma! Não é nada difícil descrever seu perfil profissional e atrair a atenção do responsável pela seleção.

Uma dica é iniciar esse resumo dizendo qual o tempo de experiência que você atuou na função.

Alguns exemplos:

  • 5 anos de experiência na área administrativa/financeira.
  • Mais de 10 anos de vivência na prospecção de clientes.
  • 3 anos de experiência no desenvolvimento de aplicativos Android.

É importante ressaltar conhecimentos específicos da sua área de atuação, como:

  • Termos técnicos usuais.
  • Experiências em reestruturações e mudanças.
  • Implantações de sistemas.
  • Conhecimentos de idiomas.
  • Domínios em ferramentas.
  • Resultados alcançados.

Você deve resumir essas informações em 5 ou 6 tópicos. Nunca minta! Essas informações serão checadas na entrevista.

Fuja do óbvio

Fuja dos clichês. Não use frases óbvias ou genéricas como “sou comunicativo”, “tenho iniciativa” ou “tenho facilidade para trabalhar em equipe”.

Termos ou frases como esses são constantemente repetidos por outros candidatos. Além de não demonstrar nenhum diferencial para o seu perfil ainda podem fazer com que o recrutador ignore seu currículo.

Falta de experiência não é problema

Mesmo sem experiência, é importante que você tenha um currículo interessante e ressalte qual o seu objetivo profissional.

Procure destacar o curso que está fazendo. Você também pode citar atividades em que participou na faculdade. Trabalhos voluntários e cursos relacionadas ao objetivo profissional também são boas ideias.

Em cada tópico, você deve descrever quais as realizações efetivas que teve. Por exemplo: organização de eventos na empresa júnior da faculdade.

Se for o caso, não esqueça de citar seus conhecimentos em informática e em outros idiomas.

Lembre-se: é nesse tópico que o recrutador decidirá se continuará ou não lendo o seu currículo.

Capriche e boa sorte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.